44% dos empresários querem contratar mais funcionários em 2021

44% dos empresários querem contratar mais funcionários em 2021

Perspectivas positivas para a economia em 2021 motivam o aumento no quadro de colaboradores

Se prepara que lá vem notícia boa! Uma pesquisa realizada pela Deloitte aponta que 44% das empresas têm uma boa perspectiva econômica para 2021 e demonstram interesse em aumentar seu quadro de funcionários. 

Foram consultadas 663 empresas de diferentes portes entre os dias 10 e 24 de novembro. Juntos, os empreendimentos que participaram do estudo somam uma receita de R$1,2 trilhão. 

Mais números positivos

60% dos empresários acreditam que a economia brasileira estará recuperada e ainda mais forte do que antes da pandemia provocada pelo Covid-19. Em contrapartida, apenas 9% dos empreendedores têm intenções de demitir funcionários.

47% dos entrevistados afirmam que irão continuar com a mesma quantidade de funcionários, 24% pretendem manter a mesma equipe de 2020; os que preveem substituição de funcionários são 23% dos entrevistados.

Para 56% a mudança no quadro de pessoal tem como motivação a busca por profissionais mais qualificados; 33% justificam a troca motivados em implementar a automação de processos.

Trabalho em casa

A pandemia provocou uma mudança no comportamento das empresas: 85% delas migraram 1/3 dos profissionais para o trabalho em casa, o home office. Metade dessas empresas afirma que vai manter ou aumentar a quantidade de colaboradores trabalhando em casa.

Realidade regional

A alta nas admissões de novos colaboradores também é vista entre as empresas clientes da Brasil Price de Araguaína, conforme levantamento e análise do escritório contábil.

Na comparação com 2019, a curva das admissões de 2020 viveu momentos de alta a partir de julho deste ano e, em vários momentos, as admissões superaram as demissões.

“No ano passado, houve uma constante, inclusive com as demissões superando as admissões durante todo o ano. Mas em 2020, mesmo com a pandemia, a confiança das empresas mudou, principalmente neste segundo semestre, e a tendência é manter essa alta para 2021”, explica Ronaldo Dias, diretor da Brasil Price.

Fonte: Portal Contábeis (http://bit.ly/2KngGT0)

Imagem: Expressão Sergipana

Próximo postRead more articles