Estudo quantifica o “Custo Brasil” em R$ 1,5 trilhão

Estudo quantifica o “Custo Brasil” em R$ 1,5 trilhão

Quantia equivale a 22% do PIB do Brasil

A SEPEC – Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, e o setor produtivo, com o suporte do Boston Consulting Group (BCG), elaboraram um estudo com o objetivo de calcular o impacto do Custo Brasil na economia. Concluíram que o valor adicional a ser pago pelas empresas brasileiras por causa da desigualdade no ambiente de negócios chega a R$ 1,5 trilhão.

Essa disparidade tomou como base uma comparação da economia nacional com a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Esse custo adicional é o equivalente a 22% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.  

O Governo Federal e a SEPEC trabalharam juntos na estruturação de um projeto com o nome “Redução do Custo Brasil”, o objetivo é eliminar os gargalos encontrados pelo estudo. Isso vai acontecer por meio de reformas estruturantes e medidas infralegais.

Esse trabalho fez uma análise técnica de  levantamento dos impactos econômicos que seriam causados pelas ações e se isso é viável, além da precificação dos projetos, estratégia de implantação e do envolvimento das pessoas e organizações que podem ser afetadas pelo projeto, de forma direta ou indireta, positiva ou negativamente. 

O que é

O Custo Brasil é toda uma variedade de dificuldades estruturais, trabalhistas, burocráticas e econômicas que atrapalham o crescimento do país, influenciando de forma negativa o ambiente de negócios, encarecendo os preços dos produtos nacionais e custos de logística, o que acaba comprometendo os investimentos na economia nacional, contribuindo para uma excessiva carga tributária.

Fonte: Gov.br (https://bit.ly/3l4QJYu)

Imagem: Suno Research

Próximo postRead more articles