Micro e pequenas empresas têm encontrado dificuldades para acessar linhas de crédito do governo

84% das empresas pesquisadas não conseguiram ajuda neste período de pandemia

A pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19) tem deixado as micro e pequenas empresas com dificuldades financeiras. para ajudar os empresários durante esse período, o Governo Federal lançou o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). 
 
Mas uma pesquisa do Sebrae apontou que, dos mais 7 mil empresários ouvidos em todos o Brasil,  84% deles encontram dificuldades na hora de pedir ajuda ao Governo e somente 16% conseguiram atingir todas as exigências governamentais para concessão do crédito. A pesquisa foi realizada entre o fim de maio e começo de junho.
 
Das 518 mil micro e pequenas empresas brasileiras, 3% delas tiveram que fechar as portas durante a crise. 43% disseram que uma ajuda financeira vinda do governo teria evitado o fechamento do seu empreendimento. 
 
Desde que começou a adotar medidas de isolamento social, 6,7 milhões dos empreendedores de pequeno porte tentaram crédito junto ao governo. Destes, 84% não conseguiram. 
 
A dificuldade nesse acesso muitas vezes decreta o fim das atividades para muitas empresas, um segmento que responde por quase metade dos empregos com carteira assinada no Brasil.
 
De acordo com o presidente do Sebrae, Carlos Melles, o crédito oferecido pelo governo existe, o difícil é consegui-lo. 
 
Saiba mais: Portal Contábeis (https://bit.ly/2D8kKmv)
Imagem: Asbraf
 
Próximo postRead more articles