Economia brasileira apresenta sinais parciais de recuperação

Economia brasileira apresenta sinais parciais de recuperação

Boletim do Banco Central analisou dados econômicos de todas as regiões

Um Boletim Regional do Banco Central (BC) aponta sinais de recuperação parcial da economia brasileira. A boa notícia veio depois de analisar os indicadores de atividade econômica do trimestre encerrado em maio.

Mesmo os setores de atividades afetados diretamente pelo distanciamento social mostram pequeno sinal de melhora. A ajuda veio principalmente da renda gerada pelos programas do governo, dentre eles o auxílio emergencial.

O boletim do BC alega que o grau de incerteza sobre a velocidade em que a economia vai se recuperar permanece incerta, mesmo com uma compreensão melhor de como serão os impactos provocados pela pandemia.

A retração na atividade econômica teve uma pequena variação entre as regiões do país: a região Nordeste foi a recordista com 8% e a região Centro Oeste teve o menor patamar, 3,5%. Os resultados econômicos de 2020 foram comparados com os do mesmo período de 2019.

Norte

A Região Norte foi afetada principalmente pela diminuição das vendas do comércio varejista, causada em grande parte pelo isolamento social. o BC prevê uma recuperação das vendas em junho e julho, período em que as regras do distanciamento social foram afrouxadas.

Nordeste

Na Região Nordeste, as condições climáticas beneficiaram as atividades agrícolas. O impacto da pandemia, porém, foi dividido entre os demais setores econômicos e o que mais sofreu foi o setor ligado ao comércio. Os relatórios indicam uma recuperação da produção industrial e do comércio varejista em maio. Tudo leva a crer que a economia continuará se recuperando nos meses seguintes.

Centro-Oeste

O bom índice de recuperação da Região Centro-Oeste se deve à estrutura econômica regional de atividades relacionadas ao setor de matérias primas, pecuária, agricultura e extrativismo mineral. A safra de soja também teve um desempenho recorde. O setor que mais sofreu durante a crise foi o de mão de obra.

Sudeste

A evolução dos dados, aliado aos gastos com energia elétrica e nas vendas com cartão de crédito, sugere que a economia está em processo de recuperação. O BC espera que o processo continue nos meses seguintes. O ritmo permanece incerto e a causa é a pouca previsibilidade acerca da evolução da pandemia.

Região Sul

O BC afirma que o cenário na região é desafiador. A razão é que o contágio continua crescendo, diferente das outras regiões. O mercado de trabalho enfrenta um impacto severo e impera a incerteza  de quando irá ocorrer a melhora.

Para mais informações, acesse: Diário do Comércio (https://bit.ly/3iTpdZW)

Imagem: Empreendedores Web

Próximo postRead more articles