O que é a tão falada Renda Fixa?

O que é a tão falada Renda Fixa?

Saiba mais sobre uma das aplicações mais realizadas no Brasil

Renda fixa é um termo que se refere a qualquer tipo de investimento que possui regras de remuneração definidas no momento da aplicação no título, ou seja, o investidor, já na hora da aplicação, toma conhecimento do índice de valoração do valor investido a ser utilizado ou sobre o prazo e a taxa de rendimento.

O investimento em renda fixa consiste no empréstimo, por meio de um banco, corretora ou de uma plataforma de investimento, de dinheiro por parte do aplicador para o emissor, sendo que aquele recebe um valor do rendimento referente a esse empréstimo.

Quais os tipos de renda fixa?

São vários, sendo o mais popular deles a Poupança, que tem seu rendimento mensal sempre atualizado na data de abertura, é isento de imposto de renda, sendo de fácil aplicação e saque.

Há quem prefira aplicar no Tesouro Direto, onde o emissor dos títulos é o próprio governo federal, dividindo-se em títulos prefixados (Tesouro Prefixado) e títulos pós-fixados (Tesouro Selic ou Tesouro IPCA+).

Os bancos também emitem títulos de renda fixa, conhecidos como Certificados de Depósitos Bancários (CDB’s) e os Recibos de Depósitos Bancários (RDB’s).

As empresas também podem emitir títulos de renda fixa, na forma de Debêntures e Notas Promissórias.

Existem também as Letras de Crédito Imobiliário e as Letras de Crédito do Agronegócio, que é uma maneira de emprestar dinheiro ao banco e receber um valor referente ao rendimento do título (equivalente a uma taxa de juros)

Por último, é possível, também, utilizar os Fundos de Investimento como forma de aplicar em renda fixa, sendo estes também divididos em prefixados e pós-fixados.

Fonte: UOL Economia (http://bit.ly/3nfvi4s)

Imagem: Blog Messem

Próximo postRead more articles